• Informe-se
  • Notícias do MPT/AL
  • Escola na parte alta de Maceió recebe premiação do projeto MPT na Escola

Escola na parte alta de Maceió recebe premiação do projeto MPT na Escola

Com um Rap que retrata a importância de se viver a infância, escola Pedro Suruagy conquistou 8º lugar nacional na categoria Música, na edição 2018 da premiação; procuradora do MPT destacou importância das escolas nas ações de conscientização

Maceió/AL – Alunos e professores da Escola Municipal Pedro Suruagy, na parte alta de Maceió, participaram, na manhã desta terça-feira, 4, da cerimônia de premiação do projeto MPT na Escola – promovido pelo Ministério Público do Trabalho. A unidade de ensino conquistou o 8º lugar nacional na categoria Música, na edição de 2018, com um Rap que retrata a importância de se viver a infância.

A escola Pedro Suruagy foi uma das unidades municipais de ensino de Alagoas, juntamente com cinco escolas do município de União dos Palmares, que se destacaram por fomentar a participação de crianças e adolescentes em ações educativas de mobilização, conscientização e prevenção do trabalho infantil – objetivos do MPT na Escola. Participaram da disputa alunos de ensino fundamental de 386 municípios de 11 estados e do Distrito Federal, com trabalhos literários, artísticos e culturais voltados à temática da exploração do trabalho na infância.

Procuradora Virgínia Ferreira (centro) fez a entrega de placa em reconhecimento à premiação do MPT na Escola (Rafael Maia/Ascom MPT-AL)
Procuradora Virgínia Ferreira (centro) fez a entrega de placa em reconhecimento à premiação do MPT na Escola (Rafael Maia/Ascom MPT-AL)

Durante a cerimônia, a procuradora do Ministério Público do Trabalho, Virgínia Ferreira, fez a entrega oficial da placa que simboliza a conquista da escola na premiação nacional. Juntamente com representantes da Secretaria Municipal de Educação (Semed), diretores e professores da escola, a representante do MPT também entregou aos estudantes os certificados de premiação no projeto.

Segundo a procuradora, o caminho de conscientização sobre os perigos do trabalho infantil tem que passar pela escola. “O MPT apoia a continuidade desse projeto para que a sociedade se envolva na temática do trabalho infantil e consiga quebrar os mitos que cercam a exploração de crianças e adolescentes. Precisamos refletir e conscientizar a todos sobre esses perigos, e o caminho é por meio da escola, com ações educativas que mostrem a alunos, pais e comunidade a importância de se viver a infância em sua plenitude”, explicou Virgínia Ferreira.

Procuradora afirmou, durante cerimônia de premiação, que a conscientização sobre os perigos do trabalho infantil tem que passar pelas escolas
Procuradora afirmou, durante cerimônia de premiação, que a conscientização sobre os perigos do trabalho infantil tem que passar pelas escolas

Para a secretária-adjunta da Semed, Maridalva Campos, a parceria com o MPT foi fundamental para reforçar a missão diária pela importância da educação. “Para alcançar qualquer profissão, o cidadão tem que estudar, é por meio da escola que ele poderá ser o que quiser. Essa é a maior contribuição que a criança pode levar para sua casa”, ressaltou Maridalva.

A coordenadora de Centros e Núcleos da Semed, Ticiane Bentes, explicou que as ações do projeto contribuíram para a identificação e direcionamento dos casos de exploração. “O apoio do MPT só vem a fortalecer nosso trabalho porque também contribuiu para identificarmos os casos de trabalho infantil na comunidade escolar e direcionar os casos de forma correta, por meio da articulação com outros órgãos de proteção à infância e adolescência, para que a criança tenha sua proteção garantida”, explicou.

Durante a cerimônia, os estudantes Thiago Miquéias Viera dos Santos, Ana Vitória da Silva, Diogo Hélio Costa Martins, Luan Vítor de Souza Senna e Taísa Alexandra Alves da Silva apresentaram o Rap “Ser Criança Todo Dia” – música que levou a escola ao prêmio. Clique aqui e confira o vídeo dos alunos cantando o Rap.

Estudantes vencedores fizeram apresentação do Rap "Ser Criança Todo Dia"
Estudantes vencedores fizeram apresentação do Rap "Ser Criança Todo Dia"

União dos Palmares vence em 5 categorias

Além de Maceió, o município de União dos Palmares foi destaque no MPT na Escola. Com um curta-metragem produzido por alunos da Escola Padre Donald Robert Macgillivray, o município de União dos Palmares conquistou o terceiro lugar no prêmio nacional. 

Além de ficar entre os três melhores trabalhos na categoria Curta-metragem, União dos Palmares também foi destaque em outras produções: a escola Maria Mariá de Castro Sarmento recebeu o 9º lugar na categoria Conto; a escola Elizabete Santos foi 5ª colocada na categoria Desenho; a escola João Costa também recebeu a 5ª colocação, na categoria Esquete Teatral; e foi 8ª colocada na categoria Poesia, com a escola Jairo Correia Viana.

Imprimir