• Informe-se
  • Notícias do MPT/AL
  • Em parceria com o MPT, Senar inicia primeira turma de aprendizagem rural de 2020

Em parceria com o MPT, Senar inicia primeira turma de aprendizagem rural de 2020

21 alunos iniciaram as aulas do curso de mecânica em manutenção de tratores, na Usina Caeté; capacitação é resultado de trabalho realizado para conscientizar produtores rurais a cumprir a Lei da Aprendizagem

Maceió/AL - As ações de conscientização e incentivo à aprendizagem rural em Alagoas, realizadas no ano passado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e Superintendência Regional do Trabalho (SRTb/AL), começam a colher seus frutos. Os resultados apareceram nesta segunda-feira, 27, na Usina Caeté, em São Miguel dos Campos, com o início da primeira turma de formação de mecânico em manutenção de tratores.

Primeira turma de aprendizagem rural de 2020 (Fotos: Álvaro Müller/Ascom Senar Alagoas)
Primeira turma de aprendizagem rural de 2020 (Fotos: Álvaro Müller/Ascom Senar Alagoas)

O curso tem carga horária de 1.000 horas, divididas em atividades teóricas e práticas e, durante um ano, os alunos desenvolvem valores humanísticos e competências técnicas, de educação permanente, sociais e interpessoais. A capacitação integra o programa Jovem Agricultor Aprendiz (JAA) e é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que integra a Federação da Agricultura e Pecuária (Faeal) – instituições que têm apoiado os produtores rurais para que cumpram a Lei da Aprendizagem.

Para a procuradora do MPT Virgínia Ferreira, que participou das ações de capacitação junto aos produtores, é preciso preparar os jovens para o exercício profissional, dando-lhes oportunidade de inserção no mercado de trabalho, de forma protegida. “O trabalhador qualificado apresenta melhor produtividade, maior zelo no uso de ferramentas e insumos, menor risco de sofrer acidentes do trabalho, dentre outras inúmeras vantagens. Com o passar do tempo todos enxergarão a aprendizagem como uma grande aliada para o desenvolvimento e transformação da sociedade”, explicou Virgínia.

Cerca de 33% dos alunos do curso – 7 de 21 - foram contratados por meio de uma parceria entre a usina e três fornecedores. Everton Soares dos Santos, de 18 anos, é um dos sete selecionados por meio da parceria. “Estou muito feliz, acho que essa oportunidade não só vai ajudar a melhorar minha vida como a da minha família”, disse o garoto.

A coordenadora técnica do Senar Alagoas, Graziela Freitas, destaca que o curso possui uma formação abrangente que prepara os alunos profissionalmente e para a vida. “Além da manutenção de tratores, eles aprendem sobre comunicação oral e escrita, cálculos matemáticos, informática, cidadania, higiene e qualidade de vida, integração no trabalho, princípios de qualidade e gestão empreendedora. Isso significa dizer que nós oferecemos uma formação abrangente, uma preparação para o mundo do trabalho e para a vida”, ressaltou.

Com informações de Álvaro Müller/Ascom Senar Alagoas

Alunos receberam orientações na primeira aula
Alunos receberam orientações na primeira aula

Imprimir