• Informe-se
  • Notícias do MPT/AL
  • Escolas públicas de Maceió e União dos Palmares representarão Alagoas na final do Prêmio MPT na Escola

Escolas públicas de Maceió e União dos Palmares representarão Alagoas na final do Prêmio MPT na Escola

Concurso premiará os melhores trabalhos produzidos por alunos das escolas de ensino fundamental participantes do projeto em todo o Brasil

Maceió/AL – Os municípios de União dos Palmares e Maceió representarão Alagoas, na etapa final do prêmio MPT na Escola. Reconhecido nacionalmente, o concurso premiará os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos por alunos das escolas de ensino fundamental participantes do projeto em todo o Brasil.

O destaque ficou para União dos Palmares, que venceu cinco das seis categorias da etapa estadual do concurso. Estão na final da premiação a escola Elizabete Santos, na categoria Desenho - produzido pela estudante Natália da Silva Santos; escola Jairo Correia Viana, na categoria Poesia - do aluno Jauanderson Santos da Silva; a escola Maria Mariá de Castro Sarmento, na categoria Conto - escrito por Yasmin Silvestre da Silva; a escola João Costa, concorrendo na categoria Esquete Teatral; e também concorre ao prêmio a escola Padre Donald Robert Macgillivray, na categoria Curta-metragem.

Já a escola Pedro Suruagy, de Maceió, representará o município na categoria Música.

O MPT em Alagoas iniciou as ações do projeto MPT na Escola no estado em maio deste ano, quando apresentou a professores e coordenadores pedagógicos de escolas de Maceió, Maragogi, Murici e União dos Palmares as orientações necessárias sobre como abordar o tema Trabalho Infantil em sala de aula.

Para abordar o tema junto aos estudantes, a procuradora Virgínia Ferreira, coordenadora do projeto no estado, incentivou os profissionais de educação a realizarem oficinas de capacitação e criação de planos de ação para suas escolas, no intuito de evitar a evasão dos estudantes e fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos das Crianças e Adolescentes.

MPT na Escola

O Prêmio MPT na Escola tem por objetivo fomentar a participação de crianças e adolescentes nas ações de mobilização, conscientização e prevenção do trabalho infantil; reconhecer e divulgar os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos pelos alunos, bem como a dedicação dos educadores envolvidos nas ações de prevenções à violação dos direitos de crianças e adolescentes.

O projeto teve início no Ceará, em 2008, onde a iniciativa ainda é conhecida como Peteca, uma mistura de PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) com ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Em 2011, foi reconhecido pelo Conselho Superior do Ministério Público do Trabalho como um dos projetos estratégicos da instituição, sendo batizado como "MPT na Escola", o que deu projeção nacional à iniciativa, além de ter vencido em 2018 o prêmio   CNMP, do Conselho Nacional do Ministério Público, que reconhece as boas práticas executadas pelo Ministério Público no país, na categoria indução de políticas públicas.

Imprimir