• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • atoJusticadoTrabalho1
    • ptm-arapiraca
    • audiencia-sind trabalhadores comercio
    • audiência-cooperativa-eustáquio 1
    • Audiência Ipaseal MPT
    • Membros e servidores da PRT19 participam de ato em defesa da Justiça do Trabalho
    • MPT solicita plano de ação para coibir trabalho infantil em casas de farinha em Lagoa da Canoa
    • Audiência constrói critérios para eleição no Sindicato dos Trabalhadores no Comércio
    • Trabalho e renda: MPT discute criação de cooperativa de coleta seletiva no Eustáquio Gomes
    • Ipaseal Saúde se compromete a negociar débitos com hospitais filantrópicos

    Membros e servidores da PRT19 participam de ato em defesa da Justiça do Trabalho

    Mobilização contou com o apoio da sociedade civil organizada; entidades de classe participarão de ato nacional no dia 5 de fevereiro

    Em defesa da Justiça do Trabalho, membros e servidores da Procuradoria Regional do Trabalho da 19ª Região (PRT19) somaram-se a juízes, advogados e representantes da sociedade civil organizada num ato realizado nesta segunda-feira (21), no Fórum Quintella Cavalcanti, sede das Varas Trabalhistas de Maceió. A mobilização foi uma resposta às recentes declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre extinguir o segmento especializado do Poder Judiciário. 

    Imprimir

    MPT solicita plano de ação para coibir trabalho infantil em casas de farinha em Lagoa da Canoa

    Objetivo é que município ofereça políticas públicas efetivas que garantam o desenvolvimento físico, mental e pedagógico de crianças e adolescentes

    Arapiraca/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT) solicitou ao município de Lagoa da Canoa que apresente, no prazo de 30 dias, um plano de atuação – proposto pela gestão municipal - para implantar e disponibilizar atividades em tempo integral para crianças e adolescentes. Durante diligência realizada em povoados do município, no mês de dezembro, o MPT e a Superintendência Regional do Trabalho (SRT/AL) verificaram casos de trabalho infantil em casas de farinha.

    Imprimir

    Audiência constrói critérios para eleição no Sindicato dos Trabalhadores no Comércio

    Objetivo é reunir o maior número possível de votantes para garantir a lisura do pleito; desde o ano passado, justiça manteve inelegível o atual presidente do Secea, após o MPT constatar irregularidades na formação da diretoria

    Maceió/AL - Uma audiência realizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e representantes sindicais, na manhã desta quinta-feira, 17, discutiu critérios para a eleição no Sindicato dos Empregados no Comércio de Alagoas (Secea/AL). Desde o ano passado, a Justiça do Trabalho manteve inelegível o atual presidente do Secea e nomeou uma junta governativa provisória, após o MPT constatar irregularidades na formação da diretoria do sindicato.

    Imprimir

    Trabalho e renda: MPT discute criação de cooperativa de coleta seletiva no Eustáquio Gomes

    Objetivo é proporcionar renda, trabalho digno e desenvolvimento sustentável à comunidade

    Maceió/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) deverão discutir, no próximo dia 30 de janeiro, no Conjunto Eustáquio Gomes de Melo, a criação de uma cooperativa de materiais recicláveis no local. O objetivo é proporcionar renda, trabalho digno e desenvolvimento sustentável à comunidade, por meio da coleta domiciliar dos resíduos reaproveitáveis.

    Imprimir

    Ipaseal Saúde se compromete a negociar débitos com hospitais filantrópicos

    Ministério Público do Trabalho, representantes do Estado e dos hospitais voltaram a discutir o assunto nesta quarta-feira, 19; em nova audiência, marcada para 1º de fevereiro, MPT aguarda que Ipaseal apresente solução definitiva

    Maceió/AL – O Ipaseal Saúde assumiu o compromisso, durante audiência realizada na manhã desta quarta-feira, 19, de negociar o débito de R$ 15 milhões existente com hospitais filantrópicos do Estado. O Ministério Público do Trabalho (MPT) se reuniu com as secretarias da Saúde, Fazenda, Planejamento, Ipaseal e hospitais e trabalhadores para buscar uma solução definitiva de pagamento.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner videos
    • banner podcast
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos