• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • carrossel-videos-live
    • carrossel-servicos-online
    • profissional-epi
    • utivirutal
    • supermercado-freepik
    • CORONAO 01
    • MPT recomenda que Município de Viçosa adote medidas para proteger trabalhadores do contágio pela Covid-19
    • MPT destina recursos para UTI Virtual e comemora uso da telemedicina no tratamento da Covid-19 em Alagoas (Foto: Cláudia Albuquerque/Hospital do Coração)
    • Após acordo com o MPT, rede de varejo pagará R$ 70 mil a título de indenização por danos morais coletivos

    MPT recomenda que Município de Viçosa adote medidas para proteger trabalhadores do contágio pela Covid-19

    MPT expediu recomendação ao prefeito, ao secretário municipal de Saúde e ao gestor da Unidade de Pronto Atendimento, após denúncia da falta de EPIs para profissionais de saúde da UPA; município têm 5 dias para informar medidas adotadas

    Arapiraca/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT) recomendou que o prefeito do Município de Viçosa, o secretário municipal de Saúde e o gestor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município cumpram uma série de normas para proteger trabalhadores diante do risco de contágio pela Covid-19. O MPT determinou a instauração de procedimento investigatório e expediu a recomendação com urgência, nesta terça-feira, 26, após denúncia da falta de equipamentos de proteção para profissionais de saúde da UPA de Viçosa.

    Imprimir

    MPT destina recursos para UTI Virtual e comemora uso da telemedicina no tratamento da Covid-19 em Alagoas

    Junto à Justiça do Trabalho, Ministério Público reverteu R$ 470.248,02 para Fundação Cardiovascular de Alagoas estruturar serviço; Equatorial Energia e Aloo Telecom também patrocinam iniciativa

    Maceió/AL – Consciente da importância dos recursos tecnológicos para o enfrentamento à pandemia de coronavírus em território alagoano, o Ministério Público do Trabalho (MPT) apoia e acompanha de perto as atividades desenvolvidas pelo Hospital do Coração, junto com a Fundação Cardiovascular de Alagoas (Cordial), na execução do projeto “UTI Virtual Covid-19 Alagoas”. Recentemente, a instituição ministerial e o Juízo da 7ª Vara do Trabalho da Capital destinaram R$ 470.248,02 para a iniciativa, que pode salvar vidas e contribuir com a saúde e segurança de profissionais da saúde. 

    Imprimir

    Após acordo com o MPT, rede de varejo pagará R$ 70 mil a título de indenização por danos morais coletivos

    Valor será revertido em cestas básicas, que serão doadas à população carente por meio de entidades assistenciais

    Maceió/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas e a rede de varejo Cencosud/GBarbosa assinaram um acordo judicial no qual a empresa assume a obrigação de coibir atos e práticas discriminatórias contra seus antigos empregados. O acordo foi homologado pela 3ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

    Imprimir

    Ministério Público do Trabalho consegue na Justiça proteção a empregados de call center

    Decisão liminar da Vara do Trabalho de Arapiraca determina adequações em meio ambiente laboral para garantir saúde e segurança de trabalhadores

    Arapiraca/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT), por meio da Procuradoria do Trabalho de Arapiraca, obteve uma decisão liminar que garante adequações ao meio ambiente laboral em benefício de empregados da empresa de call center AEC Centro de Contatos S.A, em sua unidade no município do agreste alagoano. A determinação foi expedida pelo Juízo da Vara de Trabalho de Arapiraca, que concedeu o prazo de cinco dias para obediência à ordem judicial. 

    Imprimir

    Covid-19: Cemitérios públicos e privados de Maceió devem adotar medidas para proteger trabalhadores, recomenda MPT

    Ministério Público do Trabalho recomendou que cemitérios disponibilizem EPIs adequados a trabalhadores, mantenham caixões fechados durante os velórios e orientem grupos mais vulneráveis a não participar dos funerais, dentre outras medidas; Empresas e Município de Maceió, através do superintendente da Sudes, Gustavo Acioli Torres, têm 5 dias para informar se atendem à recomendação

    Maceió/AL – Dando continuidade às medidas de prevenção adotadas para conter o avanço da Covid-19, o Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas recomendou que os cemitérios públicos de Maceió e os cemitérios privados adotem providências urgentes para proteger seus trabalhadores do risco de contágio pela doença. O MPT instaurou um procedimento promocional (Promo) para buscar a adoção das medidas.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner videos
    • banner podcast
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos