• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • carrossel-plantao-judicial
    • carrossel-servicos-online
    • carrossel-doacao-cestas-basicas
    • salario
    • centro-pesqueiro-2-google-maps
    • justica
    • Acordo entre rede de varejo e MPT garante destinação de cestas básicas à população carente em Maceió
    • Em audiência marcada para o dia 14, MPT e Justiça do Trabalho atuam para que Veleiro e órgãos públicos encontrem solução para pagar dívidas a trabalhadores rodoviários
    • Durante audiência, trabalhadores apresentam novo documento com reivindicações e propostas para solucionar problemas no Centro Pesqueiro de Maceió (Foto: Google Maps)
    • MPT pede à Justiça do Trabalho que dissídio dos vigilantes de Alagoas seja julgado com urgência

    Acordo entre rede de varejo e MPT garante destinação de cestas básicas à população carente em Maceió

    Associação Espírita Nosso Lar recebeu 249 cestas básicas para serem distribuídas à comunidade do Vergel do Lago; valor dos alimentos corresponde a R$ 8,7 mil e é parte dos R$ 70 mil que empresa terá que pagar após assumir a obrigação de coibir práticas discriminatórias contra ex-empregados

    Maceió/AL – Moradores do bairro do Vergel do Lago, na orla lagunar de Maceió, começaram a receber, desde a última quarta-feira, 5, a doação de cestas básicas resultantes de um acordo judicial firmado entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a rede de varejo GBarbosa. Os alimentos foram entregues à Associação Espírita Nosso Lar, uma das entidades beneficiadas pelo acordo e que está responsável por fazer a distribuição junto à comunidade carente.

    Imprimir

    Em audiência marcada para o dia 14, MPT e Justiça do Trabalho atuam para que Veleiro e órgãos públicos encontrem solução para pagar dívidas a trabalhadores rodoviários

    Arsal e Município de Maceió devem ser convocados para audiência a ser realizada pelo Tribunal Regional do Trabalho; trabalhadores reivindicam o pagamento de salários atrasados e de verbas rescisórias

    Maceió/AL – Uma nova audiência de mediação marcada para a próxima sexta-feira, 14, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT/19), e que contará com a participação de diversas instituições públicas, dentre elas o Ministério Público do Trabalho (MPT), irá buscar uma solução para pôr fim ao impasse entre trabalhadores e a empresa Veleiro Transportes e Turismo. Uma audiência convocada pela presidente do TRT, desembargadora Anne Inojosa, chegou a ser realizada na manhã desta sexta-feira, 7, mas nenhum representante da empresa participou das tratativas.

    Imprimir

    Durante audiência, trabalhadores apresentam novo documento com reivindicações e propostas para solucionar problemas no Centro Pesqueiro de Maceió

    MPT se reuniu com representantes do Município de Maceió, dos pescadores e da entidade gestora do centro pesqueiro para buscar uma solução para os problemas relatados

    Maceió/AL – Durante audiência virtual conduzida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), na última terça-feira, 4, para tratar das condições de trabalho no Centro Pesqueiro de Maceió, os pescadores e marisqueiros que trabalham no local apresentaram um novo documento com as principais reivindicações da categoria e, também, com propostas de solução para os problemas mais graves encontrados no local. A categoria solicitou a mediação do MPT após informar que o centro pesqueiro não atende a todas as necessidades da categoria e possui problemas que podem afetar a saúde dos trabalhadores.

    Imprimir

    MPT pede à Justiça do Trabalho que dissídio dos vigilantes de Alagoas seja julgado com urgência

    Dissídio foi ajuizado nesta quarta-feira (5); objetivo é solucionar o impasse que resultou na greve da categoria

    Maceió/AL - O Ministério Público do Trabalho ajuizou, nesta quarta-feira (5), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), o dissídio coletivo dos vigilantes de Alagoas. No início da semana, a categoria deflagrou greve para cobrar reposição salarial.

    Imprimir

    MPT abre Chamamento Público para adquirir nova sede da Procuradoria Regional do Trabalho em Alagoas

    Instituição convida pessoas físicas ou jurídicas a apresentarem proposta comercial, até o dia 28 de agosto, para a venda de imóvel localizado em Maceió

    Maceió/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas abriu Chamamento Público com interesse em realizar a aquisição de imóvel para a nova sede própria da Procuradoria Regional do Trabalho da 19ª Região. O MPT pretende ampliar suas instalações físicas para oferecer um espaço de maior qualidade aos seus usuários e ao seu público interno e para otimizar as rotinas de trabalho desenvolvidas pela instituição.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner videos
    • banner podcast
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos