• Informe-se
  • Notícias do MPT/AL
  • Seminário aborda importância dos cipeiros no ambiente de trabalho

Seminário aborda importância dos cipeiros no ambiente de trabalho

Procurador Luiz Felipe dos Anjos e auditor Elton Machado apresentaram palestra para cipeiros, prevencionistas, estudantes e trabalhadores da construção civil; evento realizado pela Ademi fez parte da programação do Abril Verde

Maceió/AL – A importância da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) para a segurança no ambiente laboral foi tema abordado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e Superintendência Regional do Trabalho (SRTb/AL), na última sexta-feira, 26, durante o II Seminário do Cipeiro. O evento foi realizado pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi-AL), dentro da programação do movimento Abril Verde em Alagoas.

Ao apresentar palestra para cipeiros, prevencionistas, estudantes e trabalhadores da construção civil, o procurador do MPT Luiz Felipe dos Anjos afirmou que as atribuições dos profissionais de CIPA são fundamentais para se evitar riscos cotidianos no trabalho e, dentre eles, os acidentes. "Não há uma normatização sobre periodicidade, mas medidas devem ser observadas para evitar ou diminuir os riscos no trabalho, função desempenhada pelos cipeiros”, explicou.

Profissionais de CIPA são fundamentais para se evitar riscos cotidianos no trabalho, disse procurador Luiz Felipe (Rafael Maia/Ascom MPT)
Profissionais de CIPA são fundamentais para se evitar riscos cotidianos no trabalho, disse procurador Luiz Felipe (Rafael Maia/Ascom MPT)

Luiz Felipe dos Anjos citou exemplos nos quais a atuação da CIPA levou o MPT a obter judicialmente – quando ele atuou no estado da Bahia -, a garantia de Saúde e Segurança para trabalhadores do setor de Calçados, e quando cipeiros foram importantes para identificar exposição de trabalhadores a agentes químicos numa indústria nuclear localizada no mesmo estado. “Nossa experiência nos leva a conhecer a realidade dos trabalhadores da CIPA que, muitas vezes, sofrem perseguição por desempenharem um bom trabalho. Mas estamos atentos a esses casos e, em conjunto com as instituições envolvidas na causa, continuaremos atuando para prevenir acidentes”, explicou.

Cipeiros, prevencionistas, estudantes e trabalhadores da construção civil participaram do seminário
Cipeiros, prevencionistas, estudantes e trabalhadores da construção civil participaram do seminário

Já o auditor Fiscal Elton Machado, que iniciou a palestra, apresentou a história da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes no Brasil e afirmou que os cipeiros são guardiões da Segurança do Trabalho. “Uma das missões do cipeiro é ser guardião da Segurança do Trabalho. Os cipeiros amplificam a voz dos trabalhadores, enxergam os riscos diários a que os profissionais estão expostos”, disse.

Elton Machado afirmou que os cipeiros são guardiões da Segurança do Trabalho
Elton Machado afirmou que os cipeiros são guardiões da Segurança do Trabalho

Elton Machado também falou de dificuldades da atividade de CIPA, como a ausência de cultura prevencionista e falta de gestão de Saúde e Segurança por parte das empresas. “Abraçar o tema, ouvir os trabalhadores e ser proativo em matéria de Saúde e Segurança são temas que precisam ser melhorados. É preciso enxergar que os profissionais da CIPA são uma importante fonte de informação para as empresas e instituições”, ressaltou o auditor Fiscal.

Elton defendeu que é preciso desenvolver política de gestão voltada à Saúde e Segurança
Elton defendeu que é preciso desenvolver política de gestão voltada à Saúde e Segurança

O evento contou ainda com a participação de equipes do Sesi, que realizaram ginástica laboral e massagem relaxante com o público e apresentaram uma esquete teatral conscientizando a todos sobre a importância de um ambiente de trabalho seguro. O evento faz parte das ações do Movimento Abril Verde, que reúne, a cada ano, instituições e organizações da sociedade civil para chamar atenção quanto à temática.

Em 2019, o Movimento é resultado de uma parceria entre a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi), Grupo Prevencionistas, Ministério Público do Trabalho (MPT), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Social do Comércio (Sesc), Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas (Sinduscon), Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho no Estado de Alagoas (Sintestal), Superintendência Regional do Trabalho (SRT/AL) e Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL). O Movimento ainda conta com o apoio da Usina Coruripe e Maceió Shopping.

Seminário integra as ações do movimento Abril Verde em Alagoas
Seminário integra as ações do movimento Abril Verde em Alagoas

Imprimir